segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Cursos baratinhos no Skillshare [em inglês]

Já falei aqui do site eduK, que oferece diversos cursos a poucos reais. Porém hoje o site que me chamou atenção foi o Skillshare, um site gringo que te ensina um montão de coisas novas e diferentes, que está com uma super promoção por tempo limitado!



Por apenas $0.99 (99 centavos de dólar) você faz a assinatura Premium por 3 meses (paga 99 cents cada mês) e pode cancelar quando quiser.



São diversos cursos curtinhos que você pode assistir no conforto do seu lar ou em qualquer lugar com acesso à internet. Pode pode assistir até mesmo através do seu celular ou iPad. Legal, né?

Você também pode contribuir com a plataforma ensinando outras pessoas. No Skillshare todo mundo pode ser professor.

Vantagens do Skillshare: 


Milhares de cursos fáceis e rápidos de temas como gastronomia, tecnologia, moda, design, fotografia e muitos outros! Isso tudo por um preço bem baixinho, se você pegar essa super promo!

Salve cursos para assistir mais tarde, volte e assista quantas vezes quiser!

Curso de culinária no Skillshare.
Curso de desenho industrial no Skillshare.

Curso de caligrafia no Skillshare.


Desvantagem do Skillshare: 


O site é todo em inglês (e sem legendas)! Então para entender os cursos é melhor que você entenda o idioma.

Cursos do Skillshare estão disponíveis somente em inglês.



Mas se você entende inglês, o site é maravilhoso! Vale muito a pena conferir. Clique aqui para acessar, se cadastrar hoje ainda e poder assistir milhares de cursos super bacanas!

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Cursos grátis online e ao vivo na eduK!

A eduK é um site conhecido por ter mais de 6.000 cursos disponíveis para quem é assinante. Mas e quem não é? Tem direito a assistir aulas grátis? Como fazer para ter acesso a conteúdo gratuito? Venha com a gente e saiba tudo isso e muito mais!

O que é a eduK?


É um portal de educação criado pelo Bernardinho, técnico da seleção brasileira de vôlei, e mais 2 sócios. O site disponibiliza uma grande variedade de cursos para todas as idades. Você pode aprender desde como cuidar corretamente de gatos até artesanato ou caligrafia.



Como funciona a eduK?


A eduK tem 3 planos de assinatura. O pagamento é mensal e o valor depende de qual a sua demanda por cursos.

Existe o plano básico, no qual você paga R$ 19,90 por mês e escolhe uma categoria de cursos (por exemplo, artesanato). Dentro dessa categoria você tem direito a assistir todos os cursos já disponíveis e todos os novos que entrarem na categoria. Você também tem direito a baixar todo o material adicional disponibilizado pelo professor.

O plano duplo custa R$24,90 e te deixa escolher duas categorias para acessar todos os cursos dentro dessas duas categorias (por exemplo, gastronomia e moda). Ele também te dá o direito de fazer download do material adicional disponibilizado pelos professores de cada curso.

O plano premium custa R$ 29,90 e te libera para assistir quantos cursos você quiser, de quantas categorias quiser. Você também pode escolher parar o curso no meio da aula e continuar depois, assistir no horário que for mais conveniente ou até mesmo repetir as aulas que você queira quantas vezes você quiser.


Mas e a parte gratuita? Como eu faço pra acessar?


Todo curso da eduK, quando é lançado, libera de duas a três aulas básicas completas e gratuitas para você ver ao vivo e decidir se quer assistir o curso completo ou não (no caso, assinando os planos deles). Pode parecer pegadinha, mas as aulas gratuitas são realmente boas e têm geralmente 3 horas de duração cada uma (ou seja, em um curso de 3 dias grátis você tem acesso a 9 horas de aula completamente gratuitas!).

Para acessar basta entrar no site e cadastrar seu e-mail no final da página principal para receber as atualizações dos próximos cursos ou acessar o calendário dos próximos cursos clicando aqui.

No acesso gratuito eu posso assistir quando quiser?


Não. O curso gratuito é ao vivo e você pode mandar mensagens para o professor, tirar dúvidas e pausar o curso se necessário (mas não recomendo, pois assim você perde as chances de tirar as dúvidas nas horas certas).
Caso você não possa assistir ao vivo ou perca o horário, a eduK disponibiliza uma reprise de todos os cursos no mesmo dia, geralmente à noite.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Prouni: veja como funciona e como participar

Chegou a hora de fazer um curso superior!


O Prouni é um programa do Ministério da Educação, ou seja, o Governo Federal lançado em 2004. O programa consiste basicamente em conceder bolsas de estudo a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.
Essas bolsas podem ser integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, as faculdades particulares, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.


Quem pode participar do programa e aproveitar todos os seus benefícios?


O Prouni tem como grande objetivo democratizar o acesso ao diploma de curso superior no Brasil e é muito simples participar . É preciso seguir algumas regras, atender alguns critérios. Saiba o que fazer e como ter o direito a participar:

- Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola;
- Estudantes portadores de necessidades especiais ;
- Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura, nesse caso específico não é necessário comprovar renda.

Para tentar uma bolsa integral, o estudante precisa comprovar renda familiar mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Lembrando que essa é a renda bruta.

Prouni e ENEM: uma dobradinha que você precisa acompanhar.


Um detalhe muito importante que você precisa saber: para se inscrever no Programa Universidade para Todos (Prouni) agora em 2015, você vai precisar ter feito o ENEM 2014 e ter conseguido uma nota igual ou superior a 450 na média das notas do Exame. Ah, outra coisa: não pode ter zerado a prova de redação.

Mas como eles vão saber se eu fiz ou não o Enem? Simples. Para efetuar a inscrição no Prouni, o candidato deve informar seu número de inscrição e sua senha no Enem 2014.

Você na faculdade e sem fazer vestibular.


Já imaginou entrar para a faculdade dos seus sonhos sem precisar passar pelo aperto do vestibular? É exatamente essa possibilidade que você tem caso consiga sua vaga via Prouni. O candidato à bolsa não precisa fazer vestibular nem estar matriculado na instituição que escolheu se inscrever. Entretanto, é permitido à todas as instituições que participam do Programa submeter os candidatos pré-selecionados a um processo seletivo específico. Esse processo não pode ter qualquer custo para o candidato e essa informação precisa estar disponível ao candidato, no momento da inscrição.


Como escolher o curso certo?

Tão importante quanto ter um curso superior é ter a certeza de estar fazendo aquilo que você gosta. De nada adianta pegar qualquer curso disponível apenas para “ter um diploma”. Busque aquilo com o qual você se identifique, algo que tenha realmente a ver com tudo que você acredita. Acredite, vai ajudar muito na sua rotina de estudos. E escolher o seu curso é muito simples: ao entrar no site, você vai escolher o seu curso. É possível escolher até duas opções, em uma ou mais instituições de ensino. Neste momento, é preciso decidir também em qual modalidade você vai concorrer, se vai ser bolsa integral ou parcial.

Outra coisa super bacana é que você pode alterar as suas escolhas durante o processo. Mas fique atento, pois o sistema vai considerar válida somente a sua última inscrição.

Resultados e critérios de desempate.


Encerrada a fase de inscrições, será verificado a quantidade de candidatos e a quantidade de vagas disponibilizadas. Caso haja mais alunos do que vagas, o programa irá selecionar os candidatos mais bem classificados em cada curso, por modalidade de concorrência, de acordo com suas notas no Enem. Olha o danado do ENEM entrando na sua vida outra vez!

E se persistir o empate nas notas? Neste caso, existem critérios No caso de notas idênticas na média aritmética das notas do Enem, o desempate entre os candidatos será determinado de acordo com a seguinte ordem de critérios:


  • maior nota na prova de redação;
  • maior nota na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias;
  • maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias;


Nota de corte. Fique de olho nela.


Lembre-se de ficar atento à nota de corte: uma vez por dia, o ProUni calcula a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados para cada curso - com base no número de vagas disponíveis e nas notas dos candidatos inscritos naquele curso. Isso permite ao estudante um verdadeiro monitoramento sobre o seu curso escolhido.



Seja qual for a sua escolha, esteja preparado. Após sua aprovação uma longa jornada te espera. A rotina de estudos de um curso superior é bastante intensa! Por isso a importância de ser algo que realmente você goste muito! Boa sorte!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Senado oferece cursos grátis à distância

O Senado Federal oferece através do site do Instituto Legislativo Brasileiro diversos cursos gratuitos à distância (EAD - Ensino à Distância).


QUEM PODE PARTICIPAR


Alguns programas, cursos que possuem tutoria, são voltados exclusivamente aos públicos segmentados conforme o curso escolhido. Os demais, sem tutoria, são voltados ao público em geral e abertos para todo cidadão brasileiro.

É POSSÍVEL FAZER MAIS DE UM CURSO AO MESMO TEMPO?


Sim, é possível fazer até dois cursos sem tutoria ao mesmo tempo.

É DE GRAÇA MESMO?


Sim, todos os cursos do Senado na modalidade EAD (Ensino à Distância) são gratuitos, inclusive os com tutoria.


QUAL A DURAÇÃO DOS CURSOS?


Cada curso tem a duração de 2 (dois) meses.

QUAIS SÃO OS CURSOS OFERECIDOS?



Nem todos os cursos estão com as matrículas abertas. Acesse o site para saber mais sobre as datas de inscrição.

COMO POSSO ME INSCREVER?


Basta clicar aqui, escolher o curso e fazer a sua matrícula.


Fontes: Informações retiradas do site do Senado Brasileiro.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O que é FIES? Entenda o que é e veja como se inscrever

ENTENDA O QUE É O FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil, conhecido como FIES, é um programa grande fornecido pelo Ministério da Educação, proporcionando o financiamento das mensalidades para alunos que desejam ingressar as instituições de ensino superior privadas no Brasil.

Apenas os cursos presenciais que tem uma boa nota no SINAES ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) entram no programa de financiamento. O diferencial que o FIES proporciona é a baixa taxa de juros, em média 3,4% por ano.


QUEM PODE SE INSCREVER NO FIES?

Os alunos que tenham trancado a matrícula quando desejam se inscrever, ficam de fora da possibilidade de entrar no programa. Também ficam de fora: pessoas que já aderiram o financiamento do FIES alguma vez, devedores do PCE/CREDUC (Programa de Crédito Educativo) e pessoas que tenham familiar mensal bruta acima de vinte salários mínimos. Se você não se encaixa em nenhuma dessas descrições, pode participar do FIES.


COMO FUNCIONA O FIES

Como já sabemos, o FIES é um financiamento e funciona como tal, porém ele apresenta alguns diferenciais. Enquanto o universitário está cursando o seu curso, ele paga a cada três meses um juros, o calor não pode ser ultrapassado de cinqüenta reais.

Fase de utilização: Durante o curso, o aluno pagará a cada três meses, o valor máximo de cinqüenta reais, que seria a taxa de juros.

Fase de carência: Quando o cirso for concluido, o aluno tera uma carencia de 18 meses para recompor seu orçamento. Ainda nesse período, o aluno deverá realizar o pagamento da taxa de juros, valor máximo de cinqüenta reais a cada três meses.

Fase de amortização: Acabando a carencia, o valor do estudante será parcelado em até três vezes o tempo financiado do curso, com inclusao de 12 meses.


COMO SE INSCREVER


Para se inscrever, basta entrar no site do FIES e efetuar seu cadastro. Para confirmar o cadastro, o aluno receberá um e-mail. A inscrição deverá ser feita no SisFIES, informando dados pessoais, do curso, da instituição em que vai estudar e selecionar o Banco que vai financiar a mensalidade da graduação.

Para a comprovação das informações, o aluno deverá ir até a CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento), que se localiza na propria instituicao de ensino que o aluno estuda. E a última etapa é a contratação do financiamento que será feita no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal.

FIES 2015 – Contratação
Depois de fazer a inscrição no curso e na instituição de ensino desejada o aluno tem até 10 dias para ir até a instituição e fazer a validação de todos os dados colocados no momento da inscrição, depois de validar o aluno terá mais 10 dias para comparecer a um agente financeiro do FIES e formalizar tudo, atualmente no Brasil os agentes financeiros são: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. É muito rápido e simples, não deixe essa oportunidade passar. Corra e faça logo sua inscrição no FIES, as inscrições abrem dia 3 de agosto.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Pronatec: como aproveitar melhor e mudar de vida

Todos os anos milhares de jovens entram no mercado de trabalho em busca de uma vaga. A disputa é muito acirrada e a qualificação acaba sendo determinante para a escolha de um candidato.

O Pronatec, segundo o próprio Ministério da Educação, tem como objetivo tornar os cursos técnicos e profissionalizantes mais acessíveis a quem realmente precisa. O governo deseja, de fato, democratizar o acesso a este tipo de ensino. E como fazem isso? Aumentando o número de vagas, ampliando as instituições país afora e por meio de bolsa de estudos aos interessados.
É realmente uma excelente iniciativa para quem deseja entrar no mercado de trabalho com algum diferencial. Aqui nesse texto, a gente explica um pouquinho de como funciona o Pronatec. É apenas um ponto de partida, mas certamente vai ajudar na sua jornada. Vamos lá?




Quem pode fazer o Pronatec?


Todo e qualquer brasileiro com ensino médio completo(você vai ver mais abaixo que existem alguns casos que não é necessário ter concluído o Ensino Médio) pode se inscrever para uma das vagas oferecidas pelo Pronatec, porém, de uma maneira geral, ou como critério de desempate, o Pronatec dará prioridade para alunos que tenham cursado o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Para ser mais exato, segundo o que determina a lei: os estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos; trabalhadores; beneficiários dos programas federais de transferência de renda(bolsa família); e estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral.


Como se inscrever para o Pronatec?


Uma das características do programa é que existem várias frentes de atuação. Exatamente por isso, não há um sistema unificado de inscrições, portanto é preciso ficar atento: as novas vagas serão abertas em escolas públicas estaduais, nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e nos Serviços Nacionais de Aprendizagem - como o SENAI e o SENAC. Cada uma das instituições tem autonomia própria para criar os seus critérios de inscrições e seleção de participantes no Pronatec. Quer ficar por dentro de quando as inscrições estarão abertas na sua região? Procure informações na secretaria de educação do seu estado, na rede estadual de educação, nos institutos federais ou nas unidades dos serviços nacionais de aprendizagem. Não perca uma oportunidade por não estar bem informado ;).

Curso técnico ou superior? O que é melhor para mim?


O Pronatec é um ensino técnico. Mas é normal nessa fase da vida você está cheio de dúvidas sobre o que fazer, se encara a faculdade no ensino superior ou se cai matando num curso técnico. A resposta para essa questão depende muito dos seus objetivos.
O curso técnico tem como principal objetivo capacitar o estudante para atuar no setor produtivo, com um ensino focado e rápido. É no curso técnico que você vai focar essencialmente nos conhecimentos práticos, pois ele destaca em sua grade de ensino atividades diárias inerentes à área de atuação. A ideia do curso técnico é colocar o candidato pronto para o emprego o mais rapidamente possível. Ao concluir um curso técnico, o estudante está imediatamente apto a preencher uma vaga no mercado. imediato ao mercado de trabalho.
Já o ensino superior tem uma base mais consistente referente à teoria, sendo muito mais focado em princípios científicos e tecnológicos próprios, com ênfase em determinado ramo de atividade, exatamente por isso, o curso superior tem uma carga horária maior, tornando-o mais longo do que qualquer curso técnico. Como falamos anteriormente, vai depender dos seus objetivos escolher entre um ou outro. Por isso é muito importante que você saiba o que quer, pois se fizer uma escolha errada neste momento, pode perder muito tempo em sua jornada profissional.


O que exatamente vou encontrar no Pronatec?


Você já decidiu o que vai fazer. Ótimo! Existem três possibilidades e a escolha vai depender do seu nível de escolaridade e renda. São eles:
Estudantes que concluíram o ensino médio: São os chamados cursos técnicos subsequentes. Com duração de ao menos um ano, só pode ser feito exclusivamente por quem já terminou o ensino médio. Fique atento, pois alguns exigem que o candidato tenha feito o Enem.
Estudantes que ainda estão fazendo o ensino médio: São os conhecidos como cursos concomitantes. É preciso estar matriculado no ensino médio e, ao mesmo tempo que conclui seus estudos, pode fazer o curso técnico . Esses cursos também têm duração de ao menos um ano.
Qualificação Profissional: Também chamados de Formação Inicial e Continuada (FIC). Na verdade é uma oportunidade do Pronatec para os beneficiários de programas federais de transferência de renda, o Bolsa Família e o Seguro Desemprego. Esses cursos são mais curtos e podem durar apenas dois meses. A maioria deles exige apenas o ensino fundamental completo.

Falta de experiência. O Pronatec pode ajudar.


A falta de experiência é um dos maiores entraves para os mais jovens quando buscam uma vaga, porém, como os cursos são técnicos e profissionalizantes, muitos deles tem a oportunidade de vivenciar o dia a dia da profissão ainda na escola. Desta forma, todos são beneficiados: os jovens que conseguem a prática numa profissão e as empresas que recebem esse trabalhador ainda mais preparado para exercer suas funções.
Como você pode ver, são inúmeras as possibilidades. Agarre aquela que mais te a ver com você um boa sorte!

terça-feira, 30 de junho de 2015

Sisu: veja como funciona e aumente suas chances. Confira!

Todo mundo sabe a importância de ter no currículo um curso superior. Não é segredo pra ninguém que as vagas de emprego estão cada dia mais disputadas e quem não possuir uma qualificação adequada, com toda certeza, vai ficar no meio do caminho. Existem muitas opções de faculdades no Brasil, porém, muitas são particulares e a concorrência nas Universidades Federais costumam ser bem pesadas, o que acaba afastando muitos candidatos. Exatamente por isso, o Sisu, Sistema de Seleção Unificada, surge como uma ótima opção de ingresso em instituições públicas de ensino.



O que é o Sisu?


O Sisu é um sistema informatizado utilizado pelo Ministério da Educação. É por meio dele que as instituições públicas de ensino superior disponibilizam suas vagas. Mas tem um detalhe: somente os participantes do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio, que não zeraram a redação podem participar.


Como me preparar para o Sisu?


No Sisu, assim como em qualquer outra coisa na vida, as chances de sucesso aumentam bastante se o seu planejamento for bem feito. É preciso conhecer os caminhos, saber dos atalhos que vão aproximá-lo do seu sonho. E isso só é possível com muito conhecimento do sistema. Aqui neste texto, vamos listar algumas informações importantes para ajudá-lo a ter sucesso nessa empreitada. É Claro que não esgotamos o assunto, mas com toda certeza já é um direcionamento sobre o que você precisa saber para ter sucesso no Sisu e conseguir a sua tão sonhada vaga no ensino superior gratuito.

Nota de corte: fique de olho nela!


Cada curso tem sua nota de corte conforme os candidatos vão se inscrevendo. É simples: a nota de corte de um dia, certamente não é a mesma do dia anterior e assim por diante. Isso porque o número de inscritos muda a todo instante. Por isso é fundamental que o candidato acompanhe diariamente o andamento das notas do curso de seu interesse. E para os ansiosos de plantão uma informação: o sistema atualiza as notas apenas no final do dia, então não adianta apertar o F5 a cada 20 minutos.
Para ter uma noção da nota de corte do seu curso veja o histórico de anos anteriores. É apenas uma referência, claro, mas qualquer ajuda no seu planejamento é válida.
O Sisu pode ser uma excelente oportunidade para os estudantes. Mas é preciso estar atento à uma série de questões que, muitas vezes, na ansiedade de se fazer um curso superior, acaba-se esquecendo.

E a segunda opção de curso?


Muitos candidatos, ao invés de optarem pelo curso superior que realmente desejam fazer, acabam escolhendo um que tem mais chances de passar. O que pode parecer uma boa ideia hoje, tem boas chances de virar frustração num futuro bem próximo. É preciso optar sempre pelo curso superior que você quer e se identifica. Sua segunda opção, precisa ser algo que você tenha uma afinidade, uma identificação. Fazer um curso superior exige muita dedicação e empenho, muito mais fáceis de se conseguir se for algo que você realmente goste. Não dá pra imaginar alguém que tenha como primeira opção o curso de Engenharia Civil, optando por Enfermagem como segunda opção, não é mesmo?
Procure informar-se sobre o curso, sobre a grade curricular. São coisas básicas, mas que é supernormal acabar esquecendo.


Como posso aumentar minhas chances o Sisu?


Às vezes para conseguir o seu objetivo de ser aprovado no Sisu é preciso um sacrifício um pouco maior, mas que se puder ser feito, vai garantir uma boa chance de dar certo. Muitos candidatos, durante sua inscrição, não se atentam para o fato de que o Sisu é um sistema nacional, ou seja, você pode utilizá-lo para qualquer lugar do Brasil!
Muitas vezes, para o curso que você quer, não há vagas na sua cidade, mas num estado vizinho podem estar literalmente sobrando. Essa é uma possibilidade que deve ser levada em conta, mas você precisa avaliar tudo o que uma mudança dessa envolve.
Na sua nova cidade você precisará arcar com custos de moradia, alimentação, transporte, além de ter que se adaptar a uma nova rotina. Você tem parentes em outros estados que estão dispostos a te receber? Ótimo! Essa sempre é uma opção. Comece levantando os cursos de seu interesse, descubra em que cidades ele tem mais vagas. Depois é só conversar com a "parentada". Todo mundo tem uma tia em algum canto desse nosso país. Quem sabe?! :)

Qual curso escolher?


Está em dúvida sobre qual curso se inscrever? Acredite, você não está sozinho. Todos os dias, milhares de jovens se fazem essa pergunta. Não tem jeito. Somente com muita pesquisa e informação você pode tomar uma decisão mais segura. Procure falar com profissionais que já atuam na área. Veja se algum conhecido da sua família exerce a profissão. Busque profissionais que você se inspira. Fale com eles, mande um email! Você vai se surpreender em como as pessoas gostam de falar sobre suas dificuldades e conquistas.


Esperamos que este texto tenha ajudado nessa sua jornada de sucesso. Mão à obra e boa sorte!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Inscrições abertas para Pós-graduação EAD do Senac

Que a Pós do Senac é ótima, todo mundo sabe. Quando as vagas de EAD abrem, é bom correr, pois o que é melhor do que fazer uma especialização na área que você quer sem precisar ficar se deslocando para ir em aulas todas as semanas?

O ensino à distância está cada vez mais se valorizando, com boa qualidade de ensino nas plataformas online e com o entendimento das empresas de que na correria do mundo moderno, não dá mais para perder tanto tempo com aulas presenciais. É claro que as avaliações finais serão presenciais, mas ainda assim ainda é melhor do que todas as aulas serem presenciais.
 

Para participar da seleção é necessário ter completado o seu curso de graduação e possuir diploma do mesmo. Dentre os documentos necessários para participar do processo avaliativo, estão o diploma de graduação devidamente registrado segundo as normas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), cédula de identidade (RG), cadastro de pessoa física (CPF) e uma foto 3x4 recente, sem data (e escrever o nome completo no verso). Para outras situações cadastrais (pessoa jurídica ou estrangeiros, consultar o edital completo nesse link).
Veja aqui os cursos disponíveis:


Educação



• Design Instrucional

• Docência no Ensino Superior

• Docência no Ensino Técnico

• Gestão Escolar

• Gestão Estratégica em EAD

• Tecnologias na Aprendizagem

Gestão



• Gerenciamento de Projetos - Práticas do PMI

• Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado

• Gestão de Marketing

• Gestão de Pessoas

• Gestão do Relacionamento com o Cliente

• Gestão do Varejo

• Gestão e Governança da Tecnologia da Informação

• Gestão Empreendedora

• Gestão Empresarial

• Logística Empresarial

Meio Ambiente



• Educação Ambiental para a Sustentabilidade

• Sistemas de Gestão Integrados da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho e Responsabilidade Social

Produção de alimentos



• Gestão da Segurança de Alimentos




Clique aqui para ter acesso ao edital completo e à retificação do edital.

As inscrições serão feitas somente pela internet, mediante o pagamento de R$ 20 de inscrição, taxa essa podendo ser paga por meio de boleto, em qualquer agência bancária ou casas lotéricas ou cartão de crédito. Também é possível pagar a inscrição utilizando o aplicativo para smartphone do seu banco, caso ele disponibilize meios para tal.

E corra! As inscrições vão somente até o dia 04 de agosto de 2015.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Sabe inglês? Acesse milhares de cursos no Lynda.com

Mais um site voltado para a educação, o Lynda.com é totalmente em inglês, ao contrário do Coursera, que oferece cursos em diversos idiomas, inclusive português.

Se você ainda não sabe inglês, mas quer aprender, o Duolingo é uma ótima ferramenta. Corre lá, aprende tudo e volta aqui para acessar os milhares de cursos gratuitos e de qualidade que o Lynda.com oferece!


Os temas são diferenciados:

  • Ilustração
  • Educação
  • Web
  • Fotografia
  • Administração e negócios
  • Áudio e música
  • Vídeo
  • Animação 3D
  • Arquitetura
  • Design de jogos
  • Tipografia
  • Marketing
  • e muitos outros!

Você que comanda o tempo do curso, tendo acesso aos vídeos quando quiser, praticando com os exercícios quando puder e sem estresse. Mais de 4 milhões de pessoas já fizeram os cursos desse site no mundo todo, e várias empresas grandes também já contrataram serviços específicos deles, como a Microsoft, NBC, Adobe...

Por onde posso acessar?

O acesso pode ser feito que qualquer dispositivo com acesso à internet. Pode ser seu computador, seu celular, tablet, o que for melhor para você. Você pode parar de assistir um curso no computador e ir pro celular sem que ele perca onde você parou. Incrível, né? Eles também disponibilizam apps para IOS e Android.

Como funciona a gratuidade e o pagamento?

Se você nunca acessou o Lynda.com você tem 10 dias grátis para testar. Já dá tempo de fazer um curso rápido, né? E se gostar, pode manter o seu cadastro e acesso por menos de 30 dólares por mês. Sim, inicialmente pode parecer caro. Mas pensa: são 3.543 cursos disponíveis por menos de 30 dólares. E você pode cancelar a qualquer momento sem burocracia. Acho que vale a pena testar, né? E se não quiser continuar, é só cancelar. Mas lembre de cancelar antes do fim dos 10 dias (basta colocar um alarme no seu Google Agenda ou no seu smartphone).


quinta-feira, 30 de abril de 2015

Aprendendo a programar de graça com o Codeacademy!

Programação é algo muito útil nos dias de hoje, e saber até mesmo o básico dela pode ser um "plus" no seu currículo!




Não tem dinheiro e quer aprender mesmo assim? Que bom pra você, pois eu mesma estava nessa situação e descobri um site maravilhoso chamado Codeacademy.

Sim, ele é todo em inglês, então se você não domina a língua talvez antes de aprender a programar talvez você deva fazer um cursinho de inglês gratuito no Duolingo. Não adianta, muitos dos códigos são basicamente palavras inglesas e você vai ter a sua vida muito mais facilitada se souber o real significado de cada comando.

Fora isso, achei muito bacana a experiência: aprendi HTML e CSS, e estou agora construindo um site como tarefa final do curso!

Parece difícil inicialmente construir um site, mas com as dicas e explicações de pouquinho em pouquinho, você pega o jeito.

E não é um curso demorado! Em uma semana eu praticamente já acabei!
Legal, né?

Então fica aí a dica para vocês, clique no logotipo:



Para aprender coisas novas hoje em dia não é necessário ter muitas despesas ou gastar muito tempo do seu dia: basta treinar um pouquinho a cada dia, ser persistente e querer aprender!

O Codeacademy também oferece cursos grátis de outras linguagens, como o Javascript, por exemplo.


Tem outra dica de site para aprender programação grátis? Deixe nos comentários!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Como participar do Sisutec 2015

O Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) é um programa do governo que desde 2011 ajuda milhares de brasileiros a realizar o sonho de estudar em instituições federais e particulares, oferecendo cursos nas mais diversas áreas.

O programa tem por objetivo expandir as oportunidades profissionais para quem não teve como estudar antes, e também visa a melhoria da qualidade da educação pública de nível médio no Brasil.


O Pronatec tem cinco subcategorias:
• Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica;
• Programa Brasil Profissionalizado, uma iniciativa que o governo federal repassa aos governos dos estados para fazer melhorias na área de educação pública, como investimentos em laboratórios;
• Rede e-Tec Brasil, uma iniciativa de ensino técnico à distância;
• Acordo de Gratuidade com o Sistema S (SENAI, SENAC, SESC e SESI), que passam a oferecer cursos gratuitos para estudantes e trabalhadores de renda baixa;
• Bolsa-Formação, que oferece cursos gratuitos de nível técnico em instituições que oferecem ensino profissional e tecnológico.

Dentro do Pronatec há uma iniciativa do Mec chamada Sisutec, que nada mais é que uma seleção de candidatos para ingressar em cursos profissionais e tecnólogos, tanto no ensido público, quanto no Sistema S ou em instituições privadas conveniadas. A seleção é feita com base na nota obtida pelo candidato no Enem.

Foi liberado um edital em 30 de janeiro chamando as instituições para se inscrever no SISUTEC desse ano. Por enquanto ainda está na etapa inicial, mas não dê bobeira! O período para inscrição dos candidatos para o processo seletivo do SISUTEC é de 24 a 27 de março. Clique aqui e tenha acesso ao Edital completo.


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Cursos de faculdades famosas do mundo todo - online e de graça!

Parece impossível, certo? Bem, você está redondamente enganado.




O site Coursera disponibiliza uma grande variedade de cursos online gratuitos para todas as partes do mundo. Inicialmente o curso é em inglês, mas alguns cursos foram traduzidos para português e tem legenda! Olha que bacana.

Para acessar, clique na imagem abaixo:
É só clicar em Sign Up, fazer seu cadastro e você já pode se inscrever em vários cursos. Atualmente existem 35 cursos disponíveis em português. Mas atenção às datas de início.

Também não recomendo que você se empolgue e saia se cadastrando em muitos cursos de uma vez só. Lembre-se que apesar de online, os cursos duram algumas semanas e você vai precisar dedicar algum tempo para assistir as aulas e fazer as tarefas.

Em alguns cursos você também pode ganhar um certificado de participação e conclusão do curso, mas isso já não é de graça, fica por volta de 49 dólares. Porém, se você for calcular o quanto você gastaria para fazer esses cursos na faculdade, seria muito mais caro do que simplesmente pagar por esse valor, ainda mais levando em consideração que essas faculdades são no exterior e tem nomes famosos.



Portanto, aproveite! É uma ótima oportunidade de crescer o currículo.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Cursos gratuitos à distância - Senai/SP

O Carnaval passou e o ano finalmente começou! Vamos estudar?
Se for de graça, melhor ainda, não é mesmo?
E de onde quiser, pois são cursos à distância!

Vantagens de cursos EAD

Todo mundo sabe que, para conquistar um espaço no mercado, é necessário buscar conhecimento. Porém, muitas vezes não temos acesso à educação por motivos financeiros. A vantagem dos cursos à distância é essa: você pode acessar de qualquer lugar que tenha uma conexão com a internet.



Além disso, estes cursos oferecidos pela Senai/SP são gratuitos. Quer coisa melhor que estudar onde quiser e de graça? Clique nos links dos cursos oferecidos para saber mais sobre eles:

Cursos EAD gratuitos disponíveis no Senai




Escolhido o curso de sua preferência, leia os requerimentos mínimos para fazer o curso, e se você estiver dentro das regras de participação do curso, basta utilizar o botão de "registre seu interesse" para se cadastrar.

Boa sorte e bons estudos!